Avançar para o conteúdo principal

NBC / Marky - Reviews desentendidas

Ontem foi dia de emoções fortes. Acordar com vontade de partilhar a noite de ontem, depois de 4 horas de sono, é sempre bom sinal. A noite começou em Torres Vedras, com NBC na Caixa Transforma. O regresso aos palcos na cidade que o viu crescer. Sempre gostei do trabalho dele e como o mesmo tem evoluído. A expectativa era grande, ainda para mais depois do feedback positivo que ouvi sobre o concerto dele no Ocean Spirit 2014. Pelas 22h30m, subia ao palco com uma banda composta por 5 jovens. Foi um record de arrepios, o homem canta nas horas! A qualidade do som estava muito boa e NBC e a sua banda fizeram o resto. Concerto intimista, com poucas pessoas mas quem lá esteve de certeza que sentiu. Alinhamento bem pensado, tocou os seus maiores hits e ainda deu tempo para uma versão de Used to Love You de John Legend(que ao mesmo tempo tocava em Lisboa). O final foi em grande com o seu novo single "Gratia". Faltou a apresentação merecida de todos membros da banda e na opinião de quem pagou 7€ para ver o concerto e não conhece o NBC pessoalmente, o discurso de NBC entre músicas foi demasiado pessoal. Mas era normal, estando ele com tantos amigos por perto. Foto: Musica em DX
Acabado o concerto em Torres Vedras, arranco para o Lx Factory. Estava na hora do regresso de DJ Marky a Portugal. Depois de levar uma banhada no ano passado no Sumol Summer Fest, onde Marky fazia parte do cartaz e acabou por não aparecer (ou se calhar foi jogada de marketing), desta vez tinha a certeza que o iria ver. Vi e ainda deu para lhe dar um "tasse" enquanto passava pela multidão para chegar à cabine. Sala ao barrote, calor (demasiado!) e um bass fortíssimo. Groovekid aqueceu muito bem a malta e depois, bem depois... foi abusado. Provavelmente o melhor dj set que alguma vez vi e ouvi. Malhões atrás de malhões, sem entrar em estilos mais darks/agressivos, scratch a torto e a direito, com o prato virado para baixo, tudo soava bem. Era para tocar 2 horas, acabou por tocar 3 horas non stop, sempre com uma vibe contagiante. Parece-me que ao dizer que foi épico, falo por muita gente que lá foi. Quase 40 anos de idade e rocka como um puto de 20. Respect !

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vícios velhos, regressos novos

Meses sem dar cavaco, é um facto. Tarefas mil, pouco tempo para desbravar a Internet e podcasts.

Felizmente, ainda existem pessoas que fazem deste humilde blog, uma espécie de refúgio, seja para ouvirem música "diferente", seja para conhecerem coisas novas, seja apenas porque confiam no meu gosto. Fico contente pelo feedback de alguma malta e esse é o grande motivo para regressar a postar.

Deixem-se levar, eu já fui. Seguem as 10 desta semana.


Back in business

Com uma barrigada de concertos nas últimas semanas, a busca por novas sonoridades faz-me cada vez mais sentido. Em pausa sem termo da actividade de DJ, vou estando mais atento e com mais tempo para novos lançamentos e novos artistas.

Segue a lista de 10 desta semana, com alguns veteranos no caminho.


June Marieezy ft. RBTO - SometimesShadow Man ft Saba, Smino & PhoelixFKJ & Tom Misch - Losing My WayBranko & Mayra Andrade - Reserva Pra Dois Branko - Let Me Go (feat. Nonku Phiri & Mr. Carmack)Anderson .Paak - Come DownPharrell Williams - Crave Nicolas Jaar - NoNighmares on wax- da feelinBonobo : Kerala

Long life to Sharon

Tem sido um ano de 2016 realmente penoso para o mundo artístico. Como os gostos não são comuns entre todas as pessoas, há perdas que me tocam mais que outras. Esta semana talvez tenha sido uma que senti. Sharon Jones deixou-nos após anos na luta contra o cancro.

Ex-guarda prisional, lembro-me perfeitamente da primeira vez que a vi e ouvi. Foi no programa do Jimmy Fallon, onde cantou Better Things To Do, sempre acompanhada pelos enormes Dap Kings. Lembro-me também de falhar um concerto dela, na Aula Magna por estar de cama.

Fica uma lista de 10 músicas da rainha do soul , cheia de power e que nos irá fazer muita falta no mundo da música.